7 de setembro de 2011

É um facto.

Sim, as agulhas estão paradas. Os novelos, as linhas, os projectos, tudo. O que aconteceu? Não sei bem explicar. Coisas da vida, esmorecimentos, um pouco de tudo e de nada. Mas tenho saudades, muitas, e sei que vou recomeçar, um dia, e um dia próximo, sinto a vontade a crescer, e isso é bom.

Até lá, ficam as inspirações do que um dia gostaria também de fazer.






Partilha