7 de setembro de 2011

É um facto.

Sim, as agulhas estão paradas. Os novelos, as linhas, os projectos, tudo. O que aconteceu? Não sei bem explicar. Coisas da vida, esmorecimentos, um pouco de tudo e de nada. Mas tenho saudades, muitas, e sei que vou recomeçar, um dia, e um dia próximo, sinto a vontade a crescer, e isso é bom.

Até lá, ficam as inspirações do que um dia gostaria também de fazer.






25 de julho de 2011

Um café da costura :)

Já viram que agradável seria um café destes por cá?



Teté Café Costura em Madrid


 Acaba de abrir Teté, o primeiro café costura de Madrid. Um lugar, onde pode ir tomar café e alugar uma máquina de coser por algumas horas, inscrever-se num workshop ou até mesmo comprar roupa a jovens estilistas.

Não é necessário ter conhecimentos prévios. Enquanto passa um bom bocado, eles ensinam-lhe a coser a sua própria roupa, uma mala ou quem sabe outra coisa...




Teté está situado na Calle San Pedro Nº 7 e oferece todo tipo de workshops, como croché, bilros, bordado ou patchwork entre muitos outros. Este Verão também irá haver actividades para crianças.



A DMC adora este tipo de iniciativas e colabora com os workshops, onde pode experimentar as nossas linhas. Se for brevemente a Madrid, tem de fazer uma visita!

Em Portugal ficamos a aguardar pela iniciativa. Se já existe, então partilhe connosco. Nós teremos todo o gosto em divulgá-la.



6 de julho de 2011

Encontros de Tricot em Coimbra

 Os encontros de Tricot em Coimbra possuem agora data fixa: todos os 2ºs sábados de cada mês.

O próximo encontro, o 5º Encontro de Tricot e Crafters (agora mais comumente apelidado de Encontro de Tricot, uma vez que é o tópico principal destes encontros), irá realizar-se neste sábado, dia 9 de Julho, pelas 16h, no Café Santa Cruz, local doravante designado para os encontros mensais. Apareçam!

XI Feira de Artesanato Urbano de Coimbra

Nesta passada segunda-feira, dia 4 de Julho, dia da cidade de Coimbra, realizou-se a XI Feira de Artesanato Urbano de Coimbra, no Parque da Cidade, o Parque Manuel Braga.

O grupo das Crafters esteve representado através das banquinhas da Stephe, da Sílvia Nolan (Sibi), da Susana Lopes da Conta a Conta e do menino activo do grupo, o Paulo Dias, com a marca Latita Catita.

As minhas compras desta vez passaram pela bijuteria, porque já sentia falta de umas pecinhas novas e fui levada por estas, da Blissmdesign:


Uma banquinha que me chamou a atenção pela originalidade das ilustrações foi esta: http://chadenuvens.blogspot.com

14 de junho de 2011

Adivinhem quem apareceu na tv.... :)



Eu não apareço porque estava doentinha :(

Já disse que somos quase 70 no grupo das Crafters de Coimbra (e nem todas são de Coimbra, nem precisam! :))?

11 de junho de 2011

Dia Mundial de Tricotar em Público em Coimbra

 

Amanhã, dia 12 de Junho celebrar-se-á o Dia Mundial de Tricotar em Público (World Wide Knit in Public Day) em Coimbra. O evento terá lugar na Esplanada do Café Cartola, na Praça da República em Coimbra, pelas 17h e é promovida pelo grupo do Fb: Crafters de Coimbra.

Este evento foi criado em 2005 na Suécia e é hoje em dia o maior evento do género do mundo, celebrado individualmente em várias cidades pelo mundo inteiro. O encontro tem como único objectivo a diversão dos participantes e dar visibilidade a estas artes, promovendo também a vida cultural da cidade.

Junte-se a nós e a milhares de tricotadeiras e tricotadeiros por todo o mundo para celebrar este dia!

Traga: fios, agulha e boa disposição!

Participação gratuita. Por uma vida melhor, tricotemos em conjunto!

9 de maio de 2011

Tricot no México! Olé!

Sei que ando desaparecida. Pior, não realizei o meu projecto de Abril. Muitas ideias para concretizar, inclusivé sem ser tricot, alguns projectos que continuam ainda na agulhas, e o tempo? Pouco, muito pouco. Este mês tenho, preciso, quero, pelo menos, completar dois, para compensar.

No final do mês, fui repôr energias para longe, porque também preciso e tenho direito: México! Levei as agulhas para ocupar as mãos no avião mas qual não é a minha sorte (ainda tinha esperanças, mas..), e no primeiro cartaz de itens proibidos na mala de mão, vejo isto:

  Agulhas de tricot são armas brancas! Sim, dá para furar um olhito ou outro, mas...snif! Claro que no México não tricotei nada :P

Numa das excursões a um parque temático, Xcaret, dei com estas preciosidades. Basicamente, tinham num só local todo o processo da lã, desde as ovelhinhas, à fiação, aos novelos em si - adorável! A minha falha: não ter perguntado se os novelos estavam para venda! Só mesmo crafters trariam de um país tropical de souvenir... um novelo de lã! :D

 Já nua, pobrezita :(


 Fiando...

 Secando após processo de coloração... (feito com misturas estranhas mas naturais!)


Apetitosas :)

8 de abril de 2011

Um dia, quem sabe.

4 de abril de 2011

Os 'inta's!

Eis que cheguei ao degrau dos 'inta's. Tenho oficialmente 30 anos. Se isso me assusta? Não! Lembra-me que tenho de me mexer para continuar a deixar a minha marca no mundo cada vez de forma mais diferenciada e melhor!

Um dia muito bem passado (o vento frio não estava incluído, mas outras coisas compensaram), na melhor das companhias, aquelas que nos enchem a alma!!

Termino com uma de entre as fantásticas prendas que recebi, em tudo relacionada com crafts, do namorido, uma caixa (de costura, tem dois andares forrados a veludo por dentro, mas dá para outras coisas), com imagens de granny squares, cuteness!

30 de março de 2011

2 - Projecto de Março - Neck Warmer


Finalmente, chegou o projecto de Março! Finalizei-o Domingo, mesmo a tempo do meu deadline. Tirei fotos, escrevi uma pequena carta, embrulhei-o e ontem à hora de almoço enviei-o numa caixa dos CTT. A intenção era ser uma prenda. Esta, dirigida a alguém que me incentivou a fazer coisas por mim, que acreditou nas minhas capacidades e o melhor, me mostrou na primeira pessoa que era possível ser feliz a fazer pequenas (grandes) coisas de que se gosta, que se quisermos mesmo se pode aprender e evoluir, e que podemos retirar muito prazer delas, valendo a pena esforçarmo-nos para o fazer. Obrigada M. (Domingos no Pátio).

Nos CTT disseram-me que demorava de 3 a 5 dias, isto quando me lembrei de perguntar, já com o "selo" colocado, fiquei logo arrependida de não ter posto em correio azul, queria que ela recebesse em breve! Então não é que ela me liga hoje ao almoço e já tinha recebido? Go CTT, go! ;)

Chega de lérias, vamos às fotos! A primeira logo com a dita cuja a usar, que teve a amabilidade de me enviar a foto, pudera também com um modelito assim :P Caso não dê para perceber, é um neck warmer - em tuguinha: aquecedor de pescoços! (Clicar nas fotos para ver maior)


Achei piada porque ela colocou de maneira diferente do que eu imaginava, mas ficou supérrrrr

Vejam o dito cujo no meu modelo masculino aqui de casa (supé chique) - porque ficou melhor do que em mim (!), e depois em mim (de alças para se notar melhor, mas não, não estava calor!). Era desta maneira que estava a pensar ser colocado:

Alguns pormenores (a lã tem diferentes espessuras, daí o efeito):


Em toda a sua plenitude:


E para terminar a reportagem fotográfica....

Fiz button holes!!! Que é como quem diz, casas de botões (mas fica tão mais chique em inglês)! Eu, euzinhainha!! Não perfeitos, claro, mas foi o que se pode arranjar!


Ora então, explicando. Quis iniciar o meu primeiro projecto de tricot com algo fácil, rápido e giro. Comecei a pesquisar e já também influenciada pela gola em tubo da Marlora, vi algumas golas, chamadas de neck warmers e optei por fazer algo semelhante a este modelo.

Comprei uma lã gira e grossa, já tinha agulhas 10 circulares (próprias para esta lã), mais dois botões giraços a dar com a lã. Erro de iniciante: olho para a lã e fiquei sem saber quanto ia precisar, foi a olho, comprei dois novelos, pimba, 10 aérios (chiça, digo eu para mim). E perguntam vocês quanto é que gastei?... MEIO novelo, se tanto! Aliás, aquilo vinha em meada e não percebi, tive de enrolar o novelinho, ah pois é. Tenho ali outra meada à espera do mesmo.

Ora, o modelito carecia de casas de botões, e eu queria complicar logo no primeiro projecto né, porque aqui a Mary não se contenta com o belo do cachecol como primeiro projecto, teimosa.... Fui à procura de vídeos, e eu com vídeos tem de ser luminosos e com agulhas gigantes senão não pesco nada! Vi o vídeo perfeito para button holes, já fica para quem precisar. Basicamente matam-se as malhas que se necessita para a casa, e na carreira a seguir metem-se novas malhas - o mesmo número -, simples não é? :) Cuidado com as malhas, porque fiz apenas com duas malhas e  nesta lã já ficou uma casa enorme! No final rematei as casas a toda à volta com agulha para ficar com um aspecto mais bonito.

Simplesmente não tinha noção de quantas malhas colocar (fiz com 50, nesta malha é IMENSO), foi tudo a olho, claro que ficou gigante. Aliás, as lessons learned foram:


  • não ter um esquema ou ter feito uma amostra, ficou muito maior do que eu esperava, por ter sido tudo a olho (eu sei que já tinha aprendido esta mas não há pachorra - nem tempo!-, para fazer amostras!)
  • ir apontando as malhas, uma casa de botão não ficou exactamente a coincidir com a outra, embora não se note muito, eu achei que fiz a partir do mesmo número de malhas (7 a contar do início, mas deve-me ter falhado algo)
  • coser os botões (e pensando nas casas também) o mais próximo da beira do trabalho, porque muito para dentro, fica ali um pedaço meio "a dar a dar" - embora da maneira que a M. colocou não se note!
  • primeiro comecei com uma carreira de liga e outra de meia, mas estava a enrolar muito, desmanchei e fiz a primeira de meia e o resto tudo de liga, julgo que melhorou mas acho que o efeito liga/meia fica melhor, como estava em agulhas circulares por vezes pode confundir.
No entanto, ofereci este projecto com muito amor e carinho mesmo com todos estes erros de principante, porque acho que fazem parte e sinceramente, se desmanchasse uma vez mais acho que desistia de vez! 

Obrigada M., obrigada Marlora,  obrigada ao grupo de Crafters, obrigada mana e obrigada namorido (este é webincógnito mesmo)! Sem estas forças acho que não teria conseguido vencer o tricot! :D Venham de lá mais projectos, estou viciada! :D

24 de março de 2011

Por cá continuam as frustrações.


3º projecto desmanchado. Estou a ficar muito frustrada. Já houve 4 projectos nas agulhas e nenhum terminado, quase tudo desmanchado, porque isto ou aquilo não corria bem e não era assim a técnica. 
Quem me manda a mim ser perfeccionista?....

O que vale é que adoro as cores desta nova lã e planeio fazer um projecto especial. Deadline: Domingo!!

21 de março de 2011

2º Encontro de Tricot e Crafters

Sábado, dia 19 de Março, realizou-se o 2º Encontro de Tricot e Crafters, na Casa da Esquina. O encontro proporcionou-se ser neste local uma vez que a Casa da Esquina já havia iniciado um Clube de Tricot e Crochet em 2009, eu cheguei a ir ao encontro que se realizou lá nessa altura, mas não se continuou por pouca adesão e, digo eu, divulgação, que não soube da existência de mais nenhum...

Antes do primeiro encontro contactei-os quando ainda não tinhamos formado o grupo Crafters de Coimbra, ao que me disseram que em príncipio iriam recomeçar os encontros em breve. Como o breve não era breve suficiente para o nosso entusiasmo, organizámos o primeiro que obteve uma óptima adesão e poucos dias após esse encontro a Casa da Esquina convidou-nos para nos juntarmos a eles no sábado passado, pois iriam reunir-se lá, e assim se realizou o 2º Encontro de Tricot e Crafters, juntamente com o Clube de Tricot e Crochet da Casa da Esquina. A união faz a força!

O óptimo deste encontro foi que havia duas simpáticas e experientes senhoras unicamente dispostas a ensinar, o que é maravilhoso para mim! Muita paciência tiveram comigo, acho que com a idade vou perdendo a paciência vertiginosamente! Após uma meia hora de luta com malhas e agulhas (duas vão já para a reforma de tanto que me enervaram porque pegam todas à lã), numa amostrita quis logo fazer liga, meia (o que já sabia), aumentar, diminuir e rematar (o que não sabia)! Consegui, não sei se ainda me recordo e o rematar nem fui eu a terminá-lo, mas a amostra está cá! Vitória! Nem sequer cheguei à parte das lãs metidas, a técnica que estavam a ensinar às outras meninas, mas eu quis começar pelo básico antes de me meter em trabalhos... O objectivo era fazer umas botinhas que a Maria da Bolas de Tons havia trazido, mas nah, quase 3h não me chegaram!

Aqui fica a foto reportagem com um miminho no final:


A Marta nas suas botinhas, a Susana da Conta a Conta na sua camisola (não sei como é que ela vai ter paciência, uma camisola!), a Luísa na suas botinhas em T e a Teresa na técnica das lãs metidas.

O miminho: saímos no jornal! No Diário de Coimbra! Isto proveio de um email que eu enviei na quinta-feira  (para o DC e Beiras) para eles colocarem o evento na agenda do jornal de sexta, mas não saiu nada, mas o jornalista apareceu no sábado no encontro, fiquei supresa! No entanto, as meninas da Casa da Esquina também enviaram email, fiquei sem saber por quem foram, mas também não importa :) O fotógrafo foi lá mesmo no ínicio do encontro, daí não parecerem que estávamos muitas (eu não estava lá ainda - era Dia do Pai, o meu rico pai que scanou o artigo abaixo), mas éramos cerca de 10! Algumas coisas estão erradas (como é normal), não é Encontro de Crochet e Crafters, mas de Tricot... E ele diz que eu aprendi e ensinei..lol EU, ensinar, nesta fase, tá bem, tá. Aqui fica (clicar para ver maior):


18 de março de 2011

Bloggers Day of Silence



10 de março de 2011

Monta e desmancha, again!

Quando desfiz o trabalho, os fios da lã ficaram mais separados, o que deu logo azo a me cair uma malha na 3ª nova carreira. Para ficar bem, tinha de desmanchar a 3ª e a 2ª. Estamos a falar de 140 malhas, em agulhas circulares, e voltar novamente ao zero! E pôr as malhas todas na agulha outra vez com a lã assim? Estava a dar em doida e decidi-me a comprar nova lã. Esta ficará para outros trabalhos.

Queria uma lã em que visse o trabalho a acontecer, que fosse para bébé e para o Verão. Tarefa quase impossível mas na loja a senhora lá conseguiu achar uma, no topo da prateleira, que nem sequer se voltará a fazer (marca Bouquet). Tinha somente 3 cores, comprei 2 delas (porque a 3ª só tinha um novelo), e rezo para que ninguém compre mais porque posso vir a precisar! Lã 100% algodão, para agulhas 10 (weeeeee!!!), a 4,5€ o novelo!

Cheguei a casa, montei as malhas. Montei 120, não liguei a medidas e fiz a olho. Se a anterior tinha 140, metia um pouco menos nesta (erro!!!!!). Após um nó macabro no novelo que demorou mais de meia hora a enrolar tudo de novo, tricotei o novelo todo ficando com 13 carreiras de 120 malhas! 13 carreiras deu-me 10cm de altura! E eu que queria 60cm de altura, precisaria de 6 novelos para toda a manta! Estão a ver o quão cara a manta ia ficar! Persistente e convencida, quase que fui comprar mais lã hoje. Por acaso não fui e comecei a fazer um esquema num papel de como quero que ela fique, até que me resolvi medir o que tinha já feito, em largura... Deu a bela medida de 1,20m!!!! LOL Passado meia hora ainda me estava a rir da minha própria carolice. Claro que tinha de desmanchar. Nesta lã, 10 malhas, depois de tricotadas, dá 10cm de largura!! Não sei como não me apercebi disto antes. Que fiz? Apesar do desânimo, desmanchei pois claro, não havia outra coisa a fazer! Assim talvez a lã renda mais e não vá ficar assim tão cara a manta, porque não devo ter de comprar tantos novelos, só saberei quando acabar o primeiro. Não desanimei muito porque fiz isto muito rápido, fiquei logo com trabalho para mostrar, mas isto vai sair nem que a vaca tussa!!!!

Lições aprendidas:
- fazer amostras dos trabalhos afinal é útil!
- fazer o esquema antes de iniciar o trabalho e medir bem!
- a lã ESTICA!
- insistir e não desistir! (estou-me a portar bem!)


Fotos para a próxima! Com algo vísivel, esperemos! :)

5 de março de 2011

De volta à estaca zero.

:(
E em alguns segundos desfazem-se horas de trabalho.

2 de março de 2011

Magia, 1 em 2 hein!

Estava eu muito alegremente a tricotar o meu projecto (de um mês em que se está para saber qual), quando começo a olhar para ele com atenção, primeiro a tentar ignorar os dois mini buracos devido a duas malhas que deixei cair algures - mas que não vou refazer pois hão-de cair muitas mais -, quando vejo esta linda coisa:


Caso não estejam a perceber, eu consegui transformar uma carreira em duas (dá para ampliar carregando na foto)! E perguntam vocês como?? Não faço a mais pálida ideia! Sei que agora de um lado tenho mais uma carreira do que no outro. Estão a ver quantas carreiras já fiz e quantas tenho de desmanchar? Pois. E a minha malha caída mais vísivel está umas 2 ou 3 carreiras abaixo dessa (não se vê na foto). Já adivinharam, né? Quem desmancha essas todas, desmancha tudo e começa outra vez. ARGH"$%#%&$%#%!!!!!!! Vou explicar... isto é suposto ser uma manta (para o meu sobrinho que nasce em Junho), uma manta com cerca de 60 cm de comprimento e uns 40 de largura - 140 malhas (!!!), com esta lã,  agulhas 4, e a desmanchar depois de umas 2 horas de trabalho ou mais (sim...eu sei, mas sou iniciante!), estão a ver a saga?... Acho que vou acabar por concluir que não tenho os requerimentos de paciência que o tricot requer....

Mas pronto, depois leio coisas como estas... Há que persistir e não desistir.

E para que não seja apenas um post de frustração, ao ver hoje mais um episódio da Parenthood, e já desconfiada devido a outra cena em que antevi umas agulhas, vi mesmo que a Amber tricota nos seus tempos livres, hoje estava toda entretida na cama a tricotar :) não encontrei foto no Google :(

28 de fevereiro de 2011

Assim é que rende!

E como me parece que o projecto anunciado anteriormente vai demorar bastante tempo, e  acabar por ser algo finalizado lá para meio do ano... eis que peguei no meu novelo de "trapos" (já guardado há alguns anos) e nunca utilizado, nas minhas  agulhas 12 (!!), e cá vou eu!

Em breve acho que terei o projecto de Março terminado, porque isto rende!! :P


23 de fevereiro de 2011

O que será, o que será?

Guess what? :)

 Tada!

Mas estou preocupada! Esta pequena coisa de amostra com 140 malhas montadas e 3 carreiras demorou-me mais de uma hora! Nem vos digo o tamanho que quero que tenha senão desisto já! lol Algo que me diz que não chego a final de Março com este projecto completo :(

Ah, e gosto muito de trabalhar com agulhas de madeira! Acho que agora nunca mais vou querer outra coisa :)

20 de fevereiro de 2011

Começando e acabando o tricot

O encontro foi muito agradável e até já criámos um grupo no Facebook para nos irmos mantendo actualizadas. O 2º encontro já está marcado, dia 19 de Março, e será na Casa da Esquina uma vez que eles próprios já iam marcar por lá um encontro. 

A Susana trouxe um gorro que terminou lá, a Marta as suas meias, a Teresa uma mantinha de bébé em ponto mousse, a Bárbara uma camisola e a Luísa uns paninhos que vai bordar e depois juntar em patchwork. Aqui a newbie só levou material e algo iniciado há muitos meses atrás com 3 carreirinhas, que nunca mais lhe toquei. Ainda fiz mais um pouco, mas as malhas estão muito apertadas e decidi que quero começar um novo projecto, com agulhas circulares (e a estreia nas sem barbela! :| será que já consigo? Da última vez não me dei muito bem com elas...). Preciso é de ir comprar o material, claro que a melhor loja é na baixa e agora só consigo isso daqui a 2 sábados... não adoraram o horário laboral que não dá para ir a lado nenhum a horas decentes? :)

Bem, mas pelo eu conclui depois do encontro e andar pela web a ver esquemas, vai ser complicado eu fazer algo mais que meia, liga e tudo a direito. Posso até tentar uma mudança de cor na lã, mas... Vai ter de ser com vídeos na net e afins, porque no encontro é complicado, é uma coisa de momento, e só poderei tirar dúvidas muito específicas e se estiver naquele ponto do trabalho, ninguém me vai ensinar mesmo à séria, ninguém vai estar sempre junto a mim "every step of the way", portanto, das 3, uma: ou arranjo workshops de tricot, que não estão a haver e quando há é do básico, ou aprendo em vídeos na net, ou continuo na minha liga, meia e a direito e não faço mais nada, e acho que é mesmo a 3ª coisa que vai acontecer. Eu não percebo nada dos esquemas escritos, e esquemas com 2 ou 3 fotos também é para esquecer, e para quê me chatear muito com algo que me frustrará se posso passar para outra técnica qualquer?...

19 de fevereiro de 2011

Tricot

Um dos meus próximos projectos irá ser o tricot. Nem a calhar, visto que será hoje que irá decorrer o Encontro de Tricot em Coimbra que eu e a Marlora organizámos.

Aqui ficam algumas ideias do que eu gostaria de fazer.

A manta da Solange C (feita com agulhas circulares!):

  

Uma mala:

 


Amigurumi! (Embora amigurumi penso que é mais técnica crochet)
  

15 de fevereiro de 2011

1- Projecto de Fevereiro - Caixa em Decoupage


Projecto de Fevereiro - Caixa em Decoupage (ou decupagem - em PT)

Ready? Set...

GO!

Tada!


Agora embrulha...desembrulha... e abre! :)

Porquê decoupage? Sempre achei relativa piada a esta técnica, quando era mais nova fiz uma espécie de decoupage com recortes de folhas com brilho para forrar uma caixa, mas plastifiquei-a, não coloquei cola por cima. A ideia seria fazer um projecto de decoupage com guardanapos, uma vez até fiz uma troca, mas acabei por não os utilizar. Isto porque me lembrei dos pacotes de açúcar! Não só porque sou coleccionadora, mas como bebo dois cafés por dia e esta colecção andava mesmo a pedi-las... voilá!

Tenho de dedicar aqui um parágrafo para agradecer ao meu pai  por me ter comprado os materiais para a decoupage - a caixa fui eu mesmo buscá-la aos chinocas! ehehe - e me ter colocado a camada final de cola, bem como os remendos porque não tinha pacotes suficientes!... (Além do que morar na mesma casa da pessoa a que se oferta não dá muito jeito..) Obrigada pai! :D

O aspecto final? Não ficou muito do meu agrado, não estou de todo fã... Julgo que foi das sobreposições, não foram muito felizes. Como fiz isto um pouco à pressa e não muito pensando onde ia colocar o quê, penso ser essa a razão. Nem tudo pode correr como imaginamos, não é?

Como devem ter reparado, a caixa serviu para colocar uma carta dentro. Carta essa do jogo World of Warcraft, e para quem percebe, é a Major Healing Potion (extended art) - escolhi-a devido a um conselho que pedi a um expert na matéria (amigo e companheiro no jogo do namorido) e pelo desenho em si, a ver com este dia, o Dia dos Namorados :)


Decoupage, checked! Venha o próximo projecto, o meu primeiro objectivo está cumprido! :)

Partilha