30 de março de 2011

2 - Projecto de Março - Neck Warmer


Finalmente, chegou o projecto de Março! Finalizei-o Domingo, mesmo a tempo do meu deadline. Tirei fotos, escrevi uma pequena carta, embrulhei-o e ontem à hora de almoço enviei-o numa caixa dos CTT. A intenção era ser uma prenda. Esta, dirigida a alguém que me incentivou a fazer coisas por mim, que acreditou nas minhas capacidades e o melhor, me mostrou na primeira pessoa que era possível ser feliz a fazer pequenas (grandes) coisas de que se gosta, que se quisermos mesmo se pode aprender e evoluir, e que podemos retirar muito prazer delas, valendo a pena esforçarmo-nos para o fazer. Obrigada M. (Domingos no Pátio).

Nos CTT disseram-me que demorava de 3 a 5 dias, isto quando me lembrei de perguntar, já com o "selo" colocado, fiquei logo arrependida de não ter posto em correio azul, queria que ela recebesse em breve! Então não é que ela me liga hoje ao almoço e já tinha recebido? Go CTT, go! ;)

Chega de lérias, vamos às fotos! A primeira logo com a dita cuja a usar, que teve a amabilidade de me enviar a foto, pudera também com um modelito assim :P Caso não dê para perceber, é um neck warmer - em tuguinha: aquecedor de pescoços! (Clicar nas fotos para ver maior)


Achei piada porque ela colocou de maneira diferente do que eu imaginava, mas ficou supérrrrr

Vejam o dito cujo no meu modelo masculino aqui de casa (supé chique) - porque ficou melhor do que em mim (!), e depois em mim (de alças para se notar melhor, mas não, não estava calor!). Era desta maneira que estava a pensar ser colocado:

Alguns pormenores (a lã tem diferentes espessuras, daí o efeito):


Em toda a sua plenitude:


E para terminar a reportagem fotográfica....

Fiz button holes!!! Que é como quem diz, casas de botões (mas fica tão mais chique em inglês)! Eu, euzinhainha!! Não perfeitos, claro, mas foi o que se pode arranjar!


Ora então, explicando. Quis iniciar o meu primeiro projecto de tricot com algo fácil, rápido e giro. Comecei a pesquisar e já também influenciada pela gola em tubo da Marlora, vi algumas golas, chamadas de neck warmers e optei por fazer algo semelhante a este modelo.

Comprei uma lã gira e grossa, já tinha agulhas 10 circulares (próprias para esta lã), mais dois botões giraços a dar com a lã. Erro de iniciante: olho para a lã e fiquei sem saber quanto ia precisar, foi a olho, comprei dois novelos, pimba, 10 aérios (chiça, digo eu para mim). E perguntam vocês quanto é que gastei?... MEIO novelo, se tanto! Aliás, aquilo vinha em meada e não percebi, tive de enrolar o novelinho, ah pois é. Tenho ali outra meada à espera do mesmo.

Ora, o modelito carecia de casas de botões, e eu queria complicar logo no primeiro projecto né, porque aqui a Mary não se contenta com o belo do cachecol como primeiro projecto, teimosa.... Fui à procura de vídeos, e eu com vídeos tem de ser luminosos e com agulhas gigantes senão não pesco nada! Vi o vídeo perfeito para button holes, já fica para quem precisar. Basicamente matam-se as malhas que se necessita para a casa, e na carreira a seguir metem-se novas malhas - o mesmo número -, simples não é? :) Cuidado com as malhas, porque fiz apenas com duas malhas e  nesta lã já ficou uma casa enorme! No final rematei as casas a toda à volta com agulha para ficar com um aspecto mais bonito.

Simplesmente não tinha noção de quantas malhas colocar (fiz com 50, nesta malha é IMENSO), foi tudo a olho, claro que ficou gigante. Aliás, as lessons learned foram:


  • não ter um esquema ou ter feito uma amostra, ficou muito maior do que eu esperava, por ter sido tudo a olho (eu sei que já tinha aprendido esta mas não há pachorra - nem tempo!-, para fazer amostras!)
  • ir apontando as malhas, uma casa de botão não ficou exactamente a coincidir com a outra, embora não se note muito, eu achei que fiz a partir do mesmo número de malhas (7 a contar do início, mas deve-me ter falhado algo)
  • coser os botões (e pensando nas casas também) o mais próximo da beira do trabalho, porque muito para dentro, fica ali um pedaço meio "a dar a dar" - embora da maneira que a M. colocou não se note!
  • primeiro comecei com uma carreira de liga e outra de meia, mas estava a enrolar muito, desmanchei e fiz a primeira de meia e o resto tudo de liga, julgo que melhorou mas acho que o efeito liga/meia fica melhor, como estava em agulhas circulares por vezes pode confundir.
No entanto, ofereci este projecto com muito amor e carinho mesmo com todos estes erros de principante, porque acho que fazem parte e sinceramente, se desmanchasse uma vez mais acho que desistia de vez! 

Obrigada M., obrigada Marlora,  obrigada ao grupo de Crafters, obrigada mana e obrigada namorido (este é webincógnito mesmo)! Sem estas forças acho que não teria conseguido vencer o tricot! :D Venham de lá mais projectos, estou viciada! :D

9 comments:

Anónimo disse...

Parabéns!

Webincógnito.

Bárbara disse...

Muito bom! Vês como és capaz? Venha o próximo, isto vicia mesmo!!

Anónimo disse...

Plha, a forma como a M o usa fica bué giro!!! ntão, com o resto da lã que sobrou, podes fazer mais uns quantos :))

Fantástico, João! Agora fazes-me tu sentir principiante! Eu não consegui atrever-me a tanto no primeiro projecto!

Continua! Por ti, por nós.

Beijinho,
Teresa Dias

Mary disse...

Meninas, obrigada pela força!

Teresa, mas que principiante, tu estás a dar as cartas todas!

Rita disse...

Está taoooo giro!! Continuo a dizer que o melhor modelito é o masculino..fica um must! :D

Marta disse...

Estás a ver o gozo de acabar um trabalho (nem que seja um cadito imperfeito)? E o gozo ainda maior de oferecê-lo àlguem de quem gostamos...?

Agora libertaste o monstro tricotadeiro que há em ti... e pode ser imparável...

Cuidado, meninas... vem ai a João com as agulhas bem afiadas!

Mary disse...

Marta, espero que sim! obrigada :)

moody monica disse...

podes fazer outro este Inverno, já o usei este ano!!

Mary disse...

uau ! :P Moody Monica? MUITO BOM!

Enviar um comentário

Partilha